Não Categorizado

Sexta-feira, Santa?!?

Hoje é sexta-feira, chamada Santa, a sexta-feira em que Jesus foi entregue e morto. Até algum tempo este dia era “celebrado” apenas pelos católicos, que não comem carne, não bebem e não fazem nada que se configure como “pecado” por um dia.

Mas ontem fiquei surpreso ao ouvir no rádio vários pastores defendendo que hoje deveríamos guardar o dia para o Senhor, que hoje era dia de meditarmos no sacrifício que o Senhor Jesus fez por nós na cruz. Mas eu sempre pensei, posso estar errado, que devemos lembrar deste sacrifício a cada momento, devemos meditar na Palavra do Senhor 24 horas por dia. Este negócio de guardar um dia em especial tem cara de legalismo, porém acharam outro dia que não o sábado.

Na Bíblia diz em Levítico 20:7: ” Portanto santificai-vos, e sede santos, pois eu sou o SENHOR vosso Deus.”

Sede santos não quer dizer guardar um dia apenas no ano, mas sim ter uma vida santa, lembrando-se a cada momento que o Senhor é quem nos guia e que “todas as coisa cooperam para o bem daqueles que amam a Deus”  Romanos 8:28.

Pior ainda são igrejas que celebram a Ceia do Senhor na “sexta-feira santa” dizendo que é uma ceia especial. O problema maior é de que a mensagem da Cruz é pregada apenas neste dia, enquanto esta deveria ser a coluna do evangelho, um deus que se fez homem por nós e morreu em uma cruz para nos salvar! Vejamos o que o Paulo escreveu em Filipenses 2:511:

“De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, Que, sendo em forma (ou natureza) de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz. Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome; Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai.”

Infelizmente a pregação da cruz de hoje em dia, é baseada em Isaías 53:4-5

Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido. Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.

E usam isso pra dizer que você não pode mais ficar doente, tem que ter uma vida com abundância financeira, que você não pode ter nenhum tipo de problema, por menor que seja. Isto contraria o que o Senhor Jesus nos declara em João 16:33 “No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo”

Vamos voltar à mensagem da cruz a cada dia, meditando em cada soco, chicotada, açoite e injuria que o Senhor Jesus sofreu por nós. Não vamos nos enquadrar em I coríntios 1:18 “Porque a palavra da cruz é loucura para àqueles que vão perecendo, mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus”

Portanto só há um meio de fazer o sacrifício de Jesus válido, nos entregando a ele e “negarmos a nós mesmos, carregarmos a nossa cruz e segui-lo”, assim o sacrifício torna-se válido em nossas vidas.

Que Deus te abençoe!

Anúncios

Um comentário em “Sexta-feira, Santa?!?

  1. a igreja catolica orienta se alguem quiserrfazer algum tipo de jejum na sexta feira santa,que faça no silencio,mas o importante quepratique a caridade,ela não doutrina a fazet o jejum,se quizet fazer ela orienta,que intimo.

    Curtir

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s