Apologético

Eu prego a Teologia da Prosperidade

Amados irmãos, tenho que confessar que sou um pregador da Prosperidade.

Não a prosperidade ensinada pelo “papai” Keneth Haggin, que surgiu no inicio do século passado, e amplamente divulgada no Brasil com mais afinco desde os anos 90, por homens que hoje tem mega templos e se tornaram verdadeiros vendilhões do templo. São os chamados neopentecostais, são pentecostais no que se diz a cura divina, dons de línguas, visões, profecias e etc., e são neo (novo) na parte financeira, confesso que não sei onde se enquadram em novos, visto que neopentecostalismo deveria ser um novo pentecostalismo. O pior é que esta “teologia” está amplamente difundida nas igrejas, que estão se dobrando a Mamom, hoje nós temos os cultos da PROSPERIDADE! Um culto que a pessoa vai buscar a Deus para ter riquezas, mas muitas vezes não é batizada no Espírito Santo, não é uma pessoa que ora, jejua, pessoas que se mandarmos abria a Bíblia em Mateus ela não sabe onde fica.

Hoje a mídia está repleta de “pregadores do evangelho” que ensinam que nós devemos rejeitar as doenças e simplesmente dizer a elas que não as aceitamos em nossas vidas, após isso é só não negarmos nossa confissão que seremos curados. O impressionante é que o Apostolo Paulo, que foi levado ao 3° céu pelo Senhor e teve revelações que aos homens não é licito saber (II coríntios 12) não sabia disso, se soubesse não teria escrito a Timóteo:

“Não bebas mais água só, mas usa de um pouco de vinho, por causa do teu estômago e das tuas freqüentes enfermidades” I Timóteo 5:23

O agravante é que isso não é teologia, mas sim a ciência da fé, que é mais o poder do pensamento que a manifestação do poder de Deus. Porque se u posso me curar, pra que eu vou pedir para que Deus me cure? O homem sempre se achou auto-suficiente, a maioria esmagadora da humanidade não da ouvidos a Deus e alguns sequer acreditam que ele existe.

Raramente prega-se a mensagem da cruz com o verdadeiro propósito e a interpretação correta, a de que Deus se fez homem por nós e morrendo como homem ele nos salvou, rasgou o véu e nos deu acesso direto a Deus. Mas usam esse texto apenas para dizer que porque Jesus morreu na cruz nós temos direito à saúde perfeita, a milhões em nossas contas e podemos até “colocar Deus na parede” e exigirmos nossos direitos.

Eu prego sim a Teologia da Prosperidade, mas a verdadeira Teologia da Prosperidade que ensina que prosperidade não é ser milionário, até porque o Senhor Jesus disse: Acautelai-vos e guardai-vos da avareza; porque a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui (Lucas 12:15). Portanto não é porque a pessoa tem sido abençoada financeiramente que ela é espiritualmente abençoada também, se fosse assim o Sílvio Santos já teria passagem para o céu sem escalas.

A verdadeira prosperidade é a ESPIRITUAL, é pregarmos  Palavra do arrependimento, é mostrar que há uma luz no fim do túnel, que este mundo não tem mais salvação, mas as PESSOAS TEM!

Cada vez que renuncio as minhas vontades para fazer a do Pai, estou sendo próspero. A cada dia que tomo a minha cruz e sigo a Cristo estou sendo próspero.

Eu sou próspero quando me injuriam, quando levantam falso testemunho contra mim, quando me perseguem por causa do nome de Jesus, pois ele mesmo disse que eu seria mais do que feliz – bem aventurado – quando essas coisas acontecessem. Portanto eu prego a TEOLOGIA DA PROSPERIDADE ESPIRITUAL!!!

Que Deus te abençoe a cada dia e você cresça na graça e no conhecimento de nosso Senhor Jesus!

 

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s