Apologético

Se Deus te desse essa oportunidade?

Por Thiago Schadeck

A paz do Senhor!

Hoje quero refletir sobre qual seria nossa atitude se tivéssemos a oportunidade que Salomão teve, quando encontrou a Deus.

E em Gibeom apareceu o SENHOR a Salomão de noite em sonhos; e disse-lhe Deus: Pede o que queres que eu te dê. 
1 Reis 3:5

O Senhor deu a Salomão a oportunidade de pedir qualquer coisa, absolutamente sem restrição alguma e para a surpresa de muitos, Salomão pediu apenas sabedoria, e ainda reconheceu não ser capaz de reinar em lugar de seu pai, Davi (1 Reis 3:7).

Vamos fazer um exercício de imaginação, com base no que é pregado nos púlpitos Brasil a fora. Listarei dois dos pontos que acredito ser os mais prováveis:

Riquezas

Com o advento da Teologia da Prosperidade, muitas igrejas tem baseado o nível de fé e “sucesso” cristão na vida financeira da pessoa. Se for pobre, está em maldição e com certeza não serve a Deus de verdade, pois a pobreza vem do Diabo e ele tem amarrado sua vida. O que é uma baita bobagem, pois o Senhor é quem enriquece e empobrece (I Samuel 2:7) e a vida de ninguém pode ser baseada na quantidade de seus bens (Lucas 12:15).

Vale lembrar que onde estiver nosso tesouro, ali também estará nosso coração (Lucas 12:34) e o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males (I Coríntios 6:10). O dinheiro é importante, mas não é tudo!

Vingança

Muitas pregações, baseadas no Antigo Testamento, tem omo tema a vitória do cristão e o extermínio de seus inimigos. Não sei se essas pregações são baseados em músicas ou as músicas baseadas nas pregações, o fato é que estamos mergulhados nesse espírito de vingança ao ponto de amaldiçoar aos que se opõem a nós em “nome de Jesus”, afinal de contas “mexer com os ungidos é brincar com fogo e vai dar com a cara na poeira” e “quem te viu passar na prova e não te ajudou, quando vir você na bênção vai se arrepender” e etc.

O fato é que não estamos mais no tempo da Lei, onde Deus exterminava os inimigos de ISRAEL e sim no tempo da graça em que Jesus nos ensina a abençoar os que nos perseguem (Mateus 5:44). Jesus fez isso quando estava morrendo na Cruz e clamou ao Pai que perdoasse aqueles que o matavam (Lucas 23:34)

 

Mas Salomão pediu sabedoria e isso agradou muito ao Senhor (1 Reis 3:10), que lhe deu muito mais, conforme  podemos ver em 1 Reis 3:13:

Também lhe darei o que você não pediu: riquezas e fama; de forma que não haverá rei igual a você durante toda a sua vida. 

Muitas vezes Deus nos dá essa oportunidade, mas não recebemos o que pedimos porque nossos pedidos são gananciosos, para nos deleitarmos em nosso egoismo (Tiago 4:3). Precisamos estar em intimidade com o Senhor, para que quando formos pedir alguma coisa ao Senhor, que seja da maneira e com a motivação certa. Como disse um pastor amigo meu, antes de pedir, pergunte-se: “Para que eu quero o que eu quero?”

Que Deus nos abençoe grandemente!

Fique na paz que excede todo o entendimento!

@PregandoVerdade

Facebook.com/PregandoAVerdade

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s