pulpito

Por Thiago Schadeck

A paz do Senhor!

Hoje começo uma série nova que quero desenvolver, personagens inventados, mas que tem um fundo de inspiração em pessoas que conheço, famosas ou não.

Neste primeiro, simularemos uma entrevista com o “Pastor Apolo Jetro de Beréia” um defensor da Verdade, que ensina seus membros a pensarem biblicamente. Vejamos:

 Como o senhor se sente sendo criticado por usar apenas a Bíblia em suas pregações?

Infelizmente o Evangelho que tem sido propagado em muitas de nossas igrejas não é o Evangelho de Cristo. Essa pregação antropocêntrica, que o homem pode tudo e que Deus é obrigado a me atender, afinal de contas sou um dizimista fiel na casa do Senhor!
Estão ensinando um caminho que não é Cristo, e que certamente levará muitos ao inferno. Quando  alguém me critica por usar a Bíblia como base de minhas pregações, automaticamente eu incluo o nome dele em minhas orações, pois por ai percebo que ainda falta uma conversão genuína e verdadeira. Tenho certeza absoluta que Deus tem se agradado de minhas pregações!

Mas às vezes não da vontade de utilizar algumas técnicas extra- bíblicas em suas pregações?

Se eu disser que nunca sinto vontade de introduzir alguns desses besteiróis em minhas pregações estarei mentindo, mas sempre que esses pensamentos me vêm à mente eu busco ao Senhor e peço sua orientação e Ele me da certeza de que eu não preciso de argumentos exteriores para que a mensagem seja completa. O apostolo Paulo, quando escreve a Timóteo que a Palavra de Deus é completa em si mesma, basta lermos 2 Timóteo 3:16-17: “Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra.”
A Bíblia deve ser a nossa regra de fé e prática, a bússola que aponta para o norte da salvação!

O senhor é conhecido como uma pessoa que estimula os membros de sua igreja a estudar a Bíblia, o senhor não tem medo de isso fazer com que eles pensem diferente e saiam da igreja?

Muito pelo contrário, eu quero que eles pensem conforme a Bíblia, eles tem que conhecer o Deus a quem servem e ter sede por conhecê-lo a cada dia mais.  Uma igreja que conhece a Deus de fato não se prende aos desejos dessa terra, mas antes tem a sua vida pautada na vontade de Deus e a sua esperança está na vida eterna. Uma igreja bem instruída na Palavra será uma igreja evangelista, com pessoas que não tem dificuldade em pregar, pois tem a sua fé firmada em Cristo. Afinal, a fé vem pelo ouvir e o ouvir da palavra de Cristo. Se vier de qualquer outra fonte, deixa de ser fé e no máximo será uma boa esperança.

O Senhor também é conhecido por ser um pastor que se permite ser questionado por seus membros. Como o senhor lida com isso?

Eu não vejo problema algum em um membro me questionar, pois sei que sou um homem falho e posso falar alguma besteira. Como busco sempre me pautar na Palavra, quando algum membro me questiona eu mostro a ele o que quis dizer e lhe faço o convite de se aprofundar no assunto.

A igreja que o senhor preside prega que o dízimo é bíblico, mas não obrigatório. Isso não seria uma contradição?

De maneira alguma! O que eu ensino é que quem quer ser um dizimista, deve o fazer por amor, por gratidão e por reconhecimento de que Deus o tem sustentado e suprido suas necessidades. Qualquer outro motivo fora esses, é sacrifício de tolo e não agrada  a Deus.
Se formos olhar biblicamente, o dizimo surgiu antes da lei e Jacó, por exemplo em Genesis 28, a partir do versículo 18, fez um voto em que como reconhecimento de que o Senhor o guardou e proveu suas necessidades, ele daria o dizimo ao Senhor.
Não podemos fazer ameaças aos não dizimistas e nem prometer aquilo que Deus não promete aos que são. Devemos apenas orientá-los a serem gratos e ajudar na manutenção da igreja, o que custa dinheiro, mas de maneira alguma condená-los se não quiserem prestar essa ajuda.

Se Deus lhe aparecesse, como fez com Salomão, qual seria o seu pedido a Ele?

Se eu tivesse essa honra de poder pedir o que quisesse ao Senhor, certamente eu pediria que as pregações voltassem a ser cristocêntricas, pois não há como gerar o arrependimento no coração do homem, senão mostrando que a nossa vida não termina aqui, mas teremos a eternidade para nos alegrarmos com o Senhor ou sofrermos no inferno. Hoje, com essas pregações politicamente corretas, onde não se fala mais em pecado, em negar-se a si mesmo. A pregação não deve ser para agradar quem nos ouve, mas para comunicar o que Deus quer!

Qual o conselho que você daria aos pastores que não incentivam o estudo da bíblia e de certa forma até proíbem?

O meu conselho é simples: que eles sejam estudiosos da Palavra, pois quem proíbe alguém de conhecer mais a Deus é porque tem medo da outra pessoa saber mais que ele, e isso pode tirar seu poder. Acredito que os membros tem muito a aprender com o pastor, mas isso não quer dizer que o pastor não tem nada a aprender com os membros. Se somos um Corpo, devemos agir e viver em unidade, crescendo e aprendendo uns com os outros.
Se você usa o pretexto de que “a letra mata, mas o Espírito vivifica”, o meu conselho é que você estude muito mais, porque você não conhece nem a letra e nem o Espírito. O Espírito Santo nos fará lembrar daquilo que aprendemos. Quem não conhece, não pode ensinar.
Cuidado! Deus pode estar rejeitando seu ministério e você continua insistindo em pregar experiências e modismos aprendidos fora da Palavra. Como diria o louvor antigo, cantado em minha infância: “Amanhã pode ser muito tarde”

 

Espero que esta reflexão lhe incomode a viver mais pela Palavra de Deus, que é viva e eficaz e menos por pregações que massageiam nosso ego ou supostas experiências de outras pessoas com Deus. Viva para Cristo e prove experiências novas a cada dia!

Que Deus te abençoe e por favor deixe seu comentário!

Anúncios

2 comentários sobre “[PERSONAGEM #01] Pastor Apolo Jetro de Beréia

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s