Apologético

Cristo, o Rei da coroa de espinhos

Coroa

Por Thiago Schadeck

Quando pensamos na figura de um rei, logo nos vem à mente um homem poderoso, autoritário, alguém que todos os seus desejos se tornem leis. O rei é a autoridade máxima no território de sua jurisprudência e todos devem ser sujeitos à sua palavra, com o risco de ser banido do reino ou até mesmo morrer. Via de regra os reis usam coroas imponentes, de ouro maciço com pedras preciosas. A coroa é um status para esses reis, que fazem questão de ostentá-la.

Diferente dos reis desse mundo, o nosso Rei não é popular. Muitos já ouviram falar sobre ele e tem até fotos dele, mas poucos o conhecem e seguem as suas ordens e seus desejos. Nosso Rei é humilde, quando se deixou ser adorado por um povo que não era o seu, o fez sentado em um jumentinho emprestado (Marcos 11:1-10) e que nunca se negou a atender a qualquer necessitado (Lucas 6: 17-19). Nosso Rei nasceu em uma manjedoura, de família pobre (Lucas 2:24 e Números 6:10), filho de um carpinteiro pobre (Mateus 13:55) e que não tinha um palácio, ao contrário, sequer tinha onde reclinar sua cabeça (Lucas 9:58). Nosso Rei era submisso à vontade de alguém que lhe havia enviado com uma missão (João 6:38) e que cumpriu essa vontade até o final de sua vida (Filipenses 2:5-8).

Nosso Rei não foi exaltado nessa terra, tendo após si milhares de seguidores. Teve apenas doze e ainda foi traído por um deles. Multidões o seguiam pelo que ele poderia proporcionar e não por aquilo que ele era. Quando questionado por Pilates sobre seu Reino, o nosso Rei apenas disse que ele não era desse mundo (João 18:36). Se o nosso Rei não é desse mundo, a nossa pátria não é mais a daqui e sim a celestial (Filipenses 3:20, Hebreus 11:14-16). Nosso Rei foi um exemplo de servo, tanto de Deus quanto dos irmãos.

O mundo rejeitou o nosso Rei (João 1:10) e influenciados por seus inimigos o levaram até a cruz do Calvário (Lucas 23:21). Nosso Rei foi coroado com uma coroa de espinhos (Marcos 15:17) e foi zombado, mal tratado e humilhado (Lucas 22:64), mas isso não foi motivo para lhes lançar maldições ou tentar evitar algo, ele mesmo disse que se quisesse, o Pai lhe enviaria mais de doze legiões de anjos (Mateus 26:53). Do alto da Cruz, nosso Rei declarou seus desejos: Pai, perdoa-lhes, pois não sabem o que fazem (Lucas 23:24). Teve a coragem de perdoar aquele que morria ao seu lado, um ladrão que merecia aquela morte (Lucas 23:40-43). O nosso Rei se sentiu sozinho, quando o Pai lhe virou as costas, deixando-o sozinho para carregar os nossos pecados (Mateus 27:46). Deus é Santo e não há como alguém que carrega pecados estar em comunhão com Ele (Isaías 59:2). Antes de expirar, nosso Rei declarou em alta voz que estava consumado! (João 19:30) e com esse brado, o véu do templo, que separava o povo do Santo dos santos, se rasgou de alto abaixo (Marcos 15:38) dando-nos o livre acesso à presença de nosso Deus!

Com essa atitude, nosso Rei se tornou maldição em nosso lugar (Gálatas 3:13), trouxe-nos a justificação e nos deu a paz com o nosso Deus (Romanos 5:1), nos livrou de toda e qualquer condenação (Romanos 8:1) e através de sua morte vicária na Cruz, nos reconciliou com Deus (Efésios 2:16). Nosso Rei é eterno,imortal, invisível e real (1 Timóteo 1:17). Com a sua morte na Cruz, cristo implantou o seu Reino que não terá mais fim (Isaías 9:7).

Na Cruz, o que para o mundo parecia uma derrota, foi a maior vitória já vista nessa terra (Colossenses 2:13-15) e deu a Ele o poder sobre a morte e o inferno porque foi morto, mas agora vive e reina para todo o sempre! (Apocalipse 1:18).

A morte não foi capaz de segurá-lo no sepulcro, mas ele ressuscitou ao terceiro dia! (Mateus 28:6)

Que a vida, morte, ressurreição de Cristo e volta de Cristo esteja em nossas mentes todos os dias, pois essa é a esperança do cristão nesses dias maus!

Deus te abençoe!

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s