A paz do Senhor!

A internet está fervendo com esse assunto. Crentes furiosos com uma propaganda que mostra casais homossexuais se abraçando. Isso mesmo, se ABRAÇANDO!
Ao comando de Silas Malafaia (sim, ele) os crentes se tornaram o inimigo número um do Boticário. Claro, com o poder de influência do Malafaia, a crentaiada que só sabe repetir discurso pronto já invadiu a Internet e começou a descarregar todo o preconceito guardado no fundo do coração. O site de reclamações, Reclame Aqui, foi inundado de queixas sobre o assunto. A maioria das reclamações continham a mesma frase: “não sou preconceituoso, mas…”, o que mostra que queremos justificar o não preconceito.
A nossa geração de crentes é tão radical quanto um jihadista (radical mulçumano, homem bomba) que explode tudo ao seu redor e mata as pessoas para defender sua “fé” e garantir um bom lugar no paraíso.
O problema dessa geração é que não conhece a Bíblia, conhece apenas frases de efeito e autoajuda, versículos fora de contexto e decorado pela metade, não tem compaixão, não quer salvar ninguém, quer impor a fé.
Estranhamente alega que gays querem impor seu estilo goela abaixo, mas tem planos idênticos aos dos gays, só que na versão gospel: kit gay, bíblia nas escolas; parada gay, marcha pra Jesus; bancada gay para implantar o homossexualismo, bancada evangelica para implantação do Reino. Sabe o que penso de tudo isso? Os dois estão errados! Vivemos em um país livre. O gay pode ser gay e o crente pode ser crente. O crente não vai virar gay por ver propaganda de perfume. Pode ser por outros motivos, por esse, não.

Também creio que a prática homossessual é pecado e que, se não se arrependerem, vão para o inferno. Só esquecem que o homossexualismo não é o pior pecado do mundo e que pra Deus não existe escala de pecado. Outra coisa, fomos resgatados por Deus quando tínhamos pecados, talvez piores.

Pergunto aos que acreditam que o comercial foi ofensivo e impositivo: “Não é ofensivo e impositivo a quantidade de programas gospel que temos?”
Ah mas aí é bênção, o Evangelho está sendo pregado! Mas os gays não são obrigados a aceitar isso, imagina se fizerem abaixo assinados pra tirar esses programas do ar? Vamos gritar que estamos sendo perseguidos, que eles são preconceituosos, que os gays vão dominar o mundo e etc.

Incrivelmente quando Jesus esteve aqui na terra ele  abraçou os pecadores e afrontou os religiosos. Ganhou muitos pecadores e condenou muitos religiosos. Se Jesus viesse como homem em nossa geração,  tenho certeza que muitos crentes o rejeitariam, assim como os fariseus fizeram há dois mil anos.
Interessante que quando alguém condena um gay ao inferno sem escalas não aparece o pessoal do “não julgueis para que não sejais julgados”.
Queremos justiça aos outros e misericórdia para nós!

Sabe como devemos agir com relação aos gays? Com amor e vivendo o Evangelho!

“Mas também, se padecerdes por amor da justiça, bem-aventurados sereis; e não temais as suas ameaças, nem vos turbeis; antes santificai em vossos corações a Cristo como Senhor; e estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a todo aquele que vos pedir a razão da esperança que há em vós” (1 Pedro 3:14-15)

Pois eu vos digo que, se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no reino dos céus. (Mateus 5:20)

O qual (DEUS) deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade. (1 Timóteo 2:4)

Ele me respondeu, dizendo: Esta é a palavra do Senhor a Zorobabel, dizendo: Não por força nem por poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor dos exércitos. (Zacarias 4:6)

Antes de sair por ai apoiando boicotes, reflita no que isso pode melhorar a relação das pessoas, inclusive os gays com Deus.

Agora, se você acredita mesmo que o boicote é valido, segue uma lista de empresas que apoiam a causa gay. Você sentirá falta do seu computador, Facebook e WhatsApp!

image

Anúncios

Um comentário sobre “Vamos boicotar o Boticário!

  1. Achei sensata a reflexão. Sou crente em Jesus! Respeito o Pastor Malafaia, mas acho que nesse episódio ele foi muito infeliz. Meu marido é franqueado da marca o Boticário, não contribuiu para a construção da peça publicitária, trabalha honestamente, gera vários empregos e é parceiro fiel do ministério Malafaia.. Nós devemos ter cuidado para não “coarmos mosquito” e engolirmos camelos”.

    Curtir

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s