Não Categorizado

Thalles anuncia sua saída do gospel e diz “Eu sou acima da média no gospel”

Por Thiago Schadeck

Graça e paz!

Antes de ler o texto, por favor, assista ai vídeo com a declaração do Thalles
http://vimeo.com/133832980

Essa semana tivemos a notícia, do vídeo acima, que o Thalles recebeu a revelação, ou chamado, de Deus para cantar fora da igreja, ou seja, voltar a cantar no mundão.
Há tempos eu venho cantando essa bola. A arrogância e prepotência do Thalles sempre demonstraram que seu ministério era egocêntrico e que sua conversão não foi capaz de transformar seu caráter.

Quero destacar algumas frases do Thalles no vídeo e que você tire suas próprias conclusões:

“O cachê do Thalles é o mais alto e as prefeituras pagam”
Ele deveria ter vergonha de falar uma coisa dessas. No Brasil as prefeituras prestam serviços desumanos ao povo, pessoas não tem onde morar, pessoas morrem em filas de hospitais por falta de equipamentos e o cidadão se gaba pelo governo lhe pagar o cachê mais alto? Faça-me o favor!

Na conversa (maluca) dele com Deus ele diz: “Senhor, mas eu sou acima da média” e na mente (maluca) do Thalles, Deus lhe responde: “Você está acima de média no meio de gente fraca”
É tanta arrogância que nem dá para falar muita coisa. Simplesmente que Thalles está perdido.

“Música gospel é tudo igual, qualquer um escreve e faz”
Aqui temos um ponto em que concordamos. Dificilmente a música gospel foge de temas como: conquistas, vitórias, água, chuva, fogo e honra. Concordo também que qualquer um, inclusive o Thalles faz. Por isso a qualidade da musica gospel vai de mal a pior. Por isso a música gospel cria ídolos em vez de referências.
Agora, músicas cristãs são totalmente diferentes disso ai. Como o Thalles nasceu na igreja, talvez ele conheça Luiz de Carvalho, Feliciano do Amaral, Grupo Logos, MILAD, Vencedores por Cristo, Grupo Elo, Denise Cerqueira, Grupo Êxodo, Resgate entre outros que hoje nem estão nos holofotes, mas seus louvores bíblicos e cristocentricos são cantados nas igrejas há mais de 30 anos. Detalhe: nenhum desses enriqueceu às custas do ministério.

“E vocês ficam cantando coisas para dentro (igreja)”
É exatamente ai que está o problema, Thalles, cantores gananciosos como você, cantam para a igreja, fazem músicas para a igreja, adoram para a igreja. Se no lugar de pensar na igreja, vocês pensassem em Deus, tenho certeza que a qualidade das músicas subiria muito.

“A música é mais poderosa que as palavras”
É Thalles, afinal Jesus pregava cantando e o Evangelho chegou até nós atraves da música. Você está certíssimo!
Ainda esqueceu de um detalhe: ouvimos a pregação uma vez (exceto quando é gravada e podemos ouvir mais vezes), mas as músicas ouvimos à exaustão, milhares de vezes. Acho que isso explica porque memorizamos mais a musica que a pregação. Até porque os artistas pagam para as rádios tocarem suas músicas.

“Mas a igreja me segura, ela me impede”
Traduzido: meu público está aqui. Não posso perder esses consumidores.

“Mas Deus me disse: Thalles, tudo o que você podia fazer por eles você já fez”
Thalles, por favor, ae se coloque em seu lugar. Você é tão pecador e dependente da graça de Deus como qualquer outro comedor de arroz e feijão. Não tente passar a impressão de que você abandonando o gospel a igreja vai ser lançada à própria sorte. Deus cuida de Sua igreja e, por vezes, tira o joio do meio de seu trigo. Saul foi rejeitado por Deus, Salomão terminou sua vida reinando sem a aprovação de Deus, Lucifer era um querubim ungido.

Segundo ele, Deus disse: “Só você faz o que você faz, do jeito que você faz”
Eu imagino Deus olhando lá do seu sublime trono e aplaudindo ao Thalles e dizendo aos anjos: olhem, ai está alguém bom de verdade. Ele inovou o evangelho, está sendo melhor que Jesus. Claro que isso não acontece. Deus não se alegra em usarem o seu nome em vão e nem em colocarem em sua boca palavras que ele nunca disse.

“Eles te amam, te veneram”
Se sabendo disso o Thalles não faz nada para mudar é porque gosta de ser venerado. Isso alimenta seu ego. Falar mal do Thalles é pior que falar de Jesus, se levanta uma legião de defensores, cheios de ódio e sem nenhuma base bíblica para defendê-lo.

Se você acha a atitude do Thalles correta, te faço uma pergunta: quando tiver um show do Thalles na sua cidade, naquela balada conhecida, cheia de artistas seculares, você vai fazer caravana com os jovens da sua igreja para vê-lo?

Que Deus te abençoe e oremos para que o Thalles mostre frutos de arrependimento e conversão.

Publicado do WordPress para Android

Anúncios

4 comentários em “Thalles anuncia sua saída do gospel e diz “Eu sou acima da média no gospel”

  1. Etendi. Contudo, reflito sobre a consequência disto: “Eles pediam apenas ofertas e se não tivessem, iam da mesma forma” para suas famílias? Soube de irmãos amados que procediam desta maneira, e passaram fome, filhos que saíram do Brasil, para louvarem e adorarem no exterior, pois afirmam haver no nosso país uma linha de pensamento cristã que, os agraciados de Deus com dons, devem ter vida de miséria, para honrarem o Senhor, coisa que não acontece na América do Norte, Europa e Oceania, somente nos países Sul-americanos. E eu digo isto, dos irmãos que se dedicaram exclusivamente aos seus ministérios, pois a uma parcela considerável, que não pode se dedicar como poderia ao seu chamado, pois escolhia ver sua família passar fome, ou trabalhava secularmente e dedicava o tempo que sobra a família e a aperfeiçoar os dons que o Espírito Santo lhes concedia. Na minha ótica, acredito que no passado e agora vivemos os extremos, no passado, irmãos que chegaram ao estado de miséria sem que ninguém lhes estendesse a mão, e hoje indivíduos que recebem um dom do Espírito Santo, e ao aperfeiçoar o dom, se corrompe pelo fascínio das riquezas, e pela altivez de ser usado por Deus. O que falta é equilíbrio. Todo aquele que decide se dedicar totalmente a obra do Senhor, portanto em primeira análise, obreiro, deve ser assistido, e bem pela comunidade evangélica em que estiver ligado, independente da área que for: pregação, estudo, louvor, intercessão; não importa. Deve ser assistido a ponto de não ter que se preocupar com roupa, comida, moradia, a unica preocupação do obreiro, deve ser em como servir melhor ao Senhor, em como melhor adorá-lo. 1Tm.5:18 – Porque diz a Escritura: Não ligarás a boca ao boi que debulha. E: Digno é o obreiro do seu salário. (E neste contexto está falando especificamente daqueles que labutam na obra do Senhor Jesus). Conheço alguns ministérios, que já estão adotando este tipo de postura, em que irmãos que resolvem ser dedicar totalmente a obra, após entrevistas, e discipulados, passam a serem totalmente assistidos pela igreja em TUDO que precisam. E para não parecer que estou fugindo ao tema, estes mesmos ministérios, quando convidam bandas para participarem de eventos, já estipulam um percentual que elas irão receber em cima da arrecadação, ou seja, todos ficão da dependência de Deus. Se a arrecadação for grande, que ótimo, se for pouca, ótimo também. E se for o caso de um evento beneficente, e se a banda ou irmão tiver condições de participar, este já sabe que não receberá nada. Em suma, falta praticarmos com mais enfase o que está em Mc.12:31 – “E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes”. A igreja cristã brasileira precisa aprender a não matar de fome os pequeninos adoradores e nem a enriquecer as pseudo estrelas. Shalom!

    Curtir

  2. Alan, a paz e obrigado pelo comentário.
    Eu quis dizer que essas bandas não precisaram cobrar altos cachês para serem ícones. Eles pediam apenas ofertas e se não tivessem, iam da mesma forma.

    Curtir

  3. Parabéns pela forma como escreve e comenta com clareza, que o Eterno Deus continue a te iluminar. Quanto ao que escreveu, somente fiquei com uma indagação. Quando cita alguns nomes de amados em Cristo e bandas que foram e ainda são ícones de música cristã, e na sequência comentou, “não enriqueceram com o evangelho”, você quis dizer que estes irmãos não ganharam milhões, contudo, através de seus ministérios conquistaram suas casas para morar, possuem vestes decentes, e veículos bons para se locomoverem, sem terem que ficar pedindo ajuda o tempo todo para outros irmãos e pessoas, dependendo da boa vontade alheia, e da dureza de coração típica da igreja evangélica brasileira, ou que estes irmãos não enriqueceram, ou seja, estão ou morreram na miséria financeira, tendo apenas as riquezas espirituais e isto é o verdadeiro evangelho?
    Um forte abraço em Cristo!

    Curtir

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s