CARTA ABERTA AOS ELEITORES DO BOLSONARO

Eleitores do Bolsonaro bolsomito #BrasilComBolsonaro

Amigos eleitores do Bolsonaro, gostaríamos dedicar essa carta aberta a vocês e, talvez, colaborar com o processo de melhoria de nosso país.

Concordamos que a soberania popular venceu e acreditamos que se ele chegou ao cargo máximo de nossa nação é porque Deus assim o quis. A facada de Adélio tinha o objetivo de matá-lo e Graças a Deus não teve seu propósito cumprido. Por uma intervenção rápida e a ajuda divina o capitão sobreviveu.

A MÍDIA O PERSEGUE:

Até o mais ingênuo dos cidadãos percebeu o movimento da mídia para que Bolsonaro não fosse eleito, alguns veículos com uma intensidade maior e outros tentando passar uma imagem de “imparciais”, mas a maioria lutou contra sua eleição.

Depois de eleito a perseguição aumentou e muito do que o Bolsonaro diz e faz é destorcido e ganha um tom sensacionalista. Normal, a mídia está fazendo o papel dela em tentar devolver o poder a quem mais lhe agrada. É assim desde sempre. Mas nem tudo o que publicam sobre ele é “fake news“. Existem coisas que precisam ser explicadas e trataremos delas ao final desse texto.

A ERA PT

É fato que Jair Messias Bolsonaro pegou um país quase falido e que os recursos escassos. Isso é inegável. Assim como sabemos que o PT, em sua administração, implantou um dos maiores projetos de poder sustentados na corrupção na história – confirmado, inclusive, por delações de ex-membros do alto escalão petista, o que levou nosso país à beira do caos. Sim, tudo isso influencia nos nossos dias, mas não pode ser uma muleta para tudo, ou seja, temos de deixar o passado em seu devido lugar e partimos em direção ao futuro, construir o país que queremos deixar para nossos filhos e trabalharmos para alcançar um patamar melhor que temos hoje.

Como o Sid Gomes disse aos petistas, podemos dizer a alguns bolsonaristas: “o Lula ta preso, babaca!”. Ele já está pagando por alguns dos crimes que cometeu. Se Deus quiser, logo será julgado e condenado pelos outros. Sendo assim, o Lula, enquanto estiver preso, não deve ser uma preocupação, pois não tem qualquer influência fora do PT e meia dúzia de gatos pingados da esquerda. Esqueçamos ele e o deixemos cair no ostracismo que um bandido como ele merece.

BOLSONARO TAMBÉM ERRA:

Claro que sim, ele é um ser humano e está totalmente sujeito a erros e falhas, porém essa construção do “mito” nas eleições fez com que algumas pessoas perdessem a noção de realidade e acreditaram que ele é realmente um “messias” para o nosso país e que ele fará mágica. Até aqui ele tem se retratado de alguns erros e voltado atrás, o que é digno e muito mais eficiente que insistir em algo errado apenas por orgulho.

Os erros dele são agravados por pessoas inflamadas, principalmente nas redes sociais que, tal e qual os petistas mais fanáticos, buscam desculpas para justificar seus erros. Cobra-lo quando errar é a melhor forma de ajudá-lo a crescer e governar melhor nosso país.

QUEIROZ

Antes de nos acusem de qualquer coisa, deixamos claro que não toleramos nenhum tipo de corrupção. A melhor forma de provar a inocência do Flavio é investigando e expondo a verdade, coisa que até agora não aconteceu como deveria. Se o Flávio é inocente, tem o dever, como figura pública de provar. Ele está prejudicando o pai por conta de seu silêncio e sumiço.

Que o Ministério Público, dentro da lei, investigue e conclua sobre as responsabilidades e eventuais culpas dos envolvidos. Se errou, que pague. Lembra que não temos bandidos de estimação não é?

BOLSONARO PRECISA DE NOSSAS ORAÇÕES:

Não só ele, mas todas as autoridades constituídas, como a Bíblia nos orienta. Ore pedindo a Deus que dê sabedoria ao Presidente, que tem faltado em muitos momentos. Que ele controle os impulsos e pense melhor antes de dar as respostas ou até mesmo escrever em suas redes sociais. Muitas polêmicas do governo partem de declarações ou posts do Capitão.

Oremos para que ele tenha habilidade política para aprovar as reformas necessárias para que o Brasil volte a crescer, para que o ministro Sergio Moro consiga implantar políticas públicas que reduzam de fato a criminalidade em nosso país. Que a educação seja, realmente, uma prioridade em nossa nação.

Que Deus abençoe o presidente e que possamos viver dias melhores!

Anúncios

Pastor lista ‘falsos evangelhos’ que estão sendo pregados na igreja hoje

O pastor Erwin W. Lutzer aponta cinco falsos evangelhos que estão sendo espalhados pelas igrejas.

FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DO CHRISTIAN POST

maxresdefault

O pastor Erwin W. Lutzer aponta cinco falsos evangelhos que estão sendo espalhados pelas igrejas. (Foto: Reprodução/YouTube)

Há cinco falsos evangelhos sendo espalhados pelas igrejas hoje, de acordo com o pastor canadense Erwin W. Lutzer.
Suas reflexões foram feitas em conversa com Darrell Bock, professor sênior de pesquisa do Novo Testamento no Seminário Teológico de Dallas (EUA), em um episódio do podcast “The Table” publicado na segunda-feira (13).

O primeiro dos falsos evangelhos é o da “graça permissiva”, que defende que as pessoas podem ter graça sem transformação pessoal.

Temos que pregar sobre o pecado e fazer isso com compaixão, para que as pessoas saibam que precisam da abundante e imerecida graça de Deus”, disse Lutzer. “Mas hoje muitas pessoas pregam a graça antes mesmo de as pessoas realmente saberem que precisam dela”.

O segundo falso evangelho descrito por Lutzer é o “evangelho da justiça social”, que deixa de lado a conversão pessoal em nome do assistencialismo.

A justiça social, por melhor que seja, no seu melhor, não é o Evangelho. Pode ser o resultado do Evangelho, dependendo de como é definida. Você pode ir para a África ver que vários hospitais foram construídos por missionários. Sempre tivemos uma consciência social, mas a justiça social não é o Evangelho. O Evangelho não é o que podemos fazer por Jesus; é o que Jesus fez por nós”, analisa.

O pastor também listou os conceitos da “nova era” como um falso evangelho que está entrando nas igrejas evangélicas. “Fico feliz com a formação de estudos sobre espiritualidade que nos ajuda a caminhar no Espírito, mas muitas vezes, eles são combinados com as religiões orientais”, afirma.

Ele também cita o “evangelho da sexualidade”, no qual as igrejas não denunciam os pecados sexuais. “Há muitos que se declaram evangélicos, mas aceitam o casamento homossexual, porque o conceito de amor está sendo definido de maneira contrária às Escrituras”.

Uma ameaça às igrejas evangélicas apontadas pelo pastor é o “diálogo inter-religioso”, especialmente com os muçulmanos. “Não me oponho aos debates. E, claro, eu também acredito que precisamos fazer amizade com os muçulmanos”, explicou Lutzer.

Por outro lado, Lutzer citou declarações de apologistas islâmicos que ensinam como convencer a sociedade sobre sua visão religiosa, usando argumentos como “o Islã sempre defendeu a justiça das mulheres”, “o Islã sempre esteve na linha de frente dos direitos civis” e “Maomé foi um homem de paz que tentou atrair judeus e pagãos”.

Como você leva o Islã para um público que provavelmente nunca viu um Alcorão, muito menos leu, ou o Hádice, e como você os vende em uma versão do Islã que será aceitável? Muitas pessoas estão se apaixonando por isso e eu advirto contra isso”, acrescentou Lutzer.

A explicação de Lutzer sobre os falsos evangelhos foi tirada de seu livro, publicado em agosto de 2018, intitulado The Church in Babylon: Heeding the Call to Be a Light in the Darkness (A Igreja na Babilônia: Atendendo ao Chamado para Ser uma Luz nas Trevas).

DESABAFO: CANSEI DE SER UM PERSONAGEM NA IGREJA!

“Eu tenho que assumir, ao ir para a igreja coloco roupas que não queria e me transformo em alguém que não sou em meu dia a dia”. Essa foi a conclusão que cheguei há alguns meses. Foi doloroso de aceitar, ainda não me acostumei com a idéia de ser eu mesmo, como em qualquer outro lugar, na igreja. Sei lá, parece que minha fé esfriou, mas sinto que estou, na verdade, mais forte. Agora não preciso mais ter medo de ser descoberto e decepcionar a pessoas, eu sou assim mesmo, cheio de falhas.

Óbvio que não me acomodei com meus erros e falhas, quero melhorar cada dia mais, quero ser mais parecido com Cristo quanto for possível. Porém é importante ressaltar que quando parei de esconder meus erros e falhas dos homens – porque Deus os conhecia – tive mais força e incentivo para mudar. Mas mudar de vez, de forma que não caísse mais no mesmo erro e não apenas me escondendo atrás de uma máscara para que ninguém pudesse enxergá-los. Quero realmente ser livre e quebrar as amarras que tentam me fazer sentir-me espiritual às custas rituais externos e que em nada mudam o interior.

Por vezes subi ao púlpito para pregar coisas que nem eu mesmo acreditava, ensinava coisas que eu, no meu íntimo, sabia que não eram efetivas na vida espiritual da igreja. Quem convivia de perto comigo sabia que aquele com o microfone na mão, falando bonito não era o mesmo sem o “terno mágico”. O pastor era muito melhor que o pai e marido. O conselheiro que sabia resolver todos os problemas dos irmãos, mas que tinha grandes problemas em casa. Enfim, um personagem de dar inveja em muitos atores renomados de Hollywood. É como diz aquela estorinha que o filho pede para a mãe para eles morarem na igreja, porque lá o pai era bonzinho e amoroso.

Concluindo, precisei mergulhar em uma auto análise sincera e compreender que aquele personagem da igreja não me deixava entrar no Reino. Ele estava alí só para agradar as pessoas e ser um exemplo aos que viam seu exterior, enquanto em meu interior eu tinha certeza que Deus não estava se agradando. Foi necessária uma crise em meu casamento e um princípio de depressão para eu compreender que Deus queria me transformar de dentro para fora.

A cada dia luto com mais forças para deixar de ser um sepulcro caiado (Mateus 23:27) e estou tomando consciência de que Deus não vê como o homem, mas Ele enxerga nosso interior (1 Samuel 16:7) e não quero ser dos que vão chegar no último dia e reclamar com Cristo que apesar de terem feito milagres e expulsado demônios, seus nomes não estavam no livro da Vida (Mateus 7:22).

Realmente, EU SOU UM FRACO! Graças a Deus que o poder dEle se aperfeiçoa em minhas fraquezas.

Deus seja louvado pelas minhas lutas, pois elas me aproximam cada vez mais dEle!