Eu desisti de ser PASTOR

Há algum tempo já venho pensando na possibilidade de abrir mão do meu título de pastor. Sim, não quero mais ser pastor, no sentido eclesiástico da palavra.

Temos milhares, se não milhões, de pastores no Brasil. Isso sem contar os bispos, apóstolos e outras aberrações que derivam desses títulos megalomaníacos e o que isso mudou nosso país? Absolutamente nada!

Somos mais de 50 milhões de evangélicos, igrejas e mais igrejas sendo abertas todos os dias, trazendo consigo os postulantes ao pastorado se acotovelando para conseguir o cargo de liderança máxima nessa nova congregação. A minha pergunta nesse caso é: essas pessoas estão prontas para liderar uma igreja? Tem preparo espititual, emocional, físico e teológico para tal? Sem medo respondo que a maioria não tem. Por isso mesmo que vejo cada vez mais pessoas se decepcionando com a igreja e consequentemente com Deus. Infelizmente pessoas sem preparo matam espiritualidade as outras.

Por motivos como esses, eu decidi abrir mão de ser pastor!

Não disse que deixarei de pastorear, não entenda mal. Eu abro mão do título, da pompa, das formalidades, de ser do topo da pirâmide. Não quero mais ser respeitado por conta do título que carrego, mas sim pelo que sou. Não quero que ninguém siga minhas orientações porquê me vê como o ungido de Deus, infalível e inerrante. Quero ser visto como um ser humano pecador, como qualquer outro, que erra e acerta, que luta para fazer a vontade de Deus, mesmo falhando miseravelmente na maioria das vezes.

Quero ser um ponto de apoio aos que se decepcionaram, que desanimaram na fé, aqueles que foram feridos na batalha. Meu desejo é ajudar pessoas a encontrar igrejas saudáveis para congregar e alimentar sua fé. Não quero ninguém preso a mim, como se fosse um guru espiritual. Pelo contrário, que caminhemos juntos, nos edificando mutuamente, como o corpo de Cristo deve fazer.

Durante dez anos alimentei pessoas, mas negligenciei minha alimentação, poucas vezes me sentei em um culto para ouvir e meditar aquilo que era pregado porque sempre tinha alguma tarefa a ser executada na igreja e um obreiro não pode descansar. Que tolo eu fui! Anos e anos à fio tentanto fazer pessoas se achegarem a Cristo e eu mesmo me afastando dEle lentamente. Enquanto me preocupava em tudo correr bem no culto, em atender as pessoas e que elas desejassem voltar por conta do “bom atendimento”, a depressão ia me consumindo, meu casamento ficando pra traz, meu filho crescendo sem que eu percebesse.

Há alguns dias tomei uma decisão: procurar ajuda. Tanto a ajuda profissional de um psicólogo quanto a ajuda espiritual, passando a congregar em uma igreja estruturada, que tem o evangelho como foco e que poderei ser simplesmente eu, sem cobranças pelo cargo, sem formalidades e sem precisar colocar uma máscara quando estiver mal pra que ninguém perceba. Vou tratar da minha saúde e minha espiritualidade para poder ajudar os que precisam.

EU ABRO MÃO DO TÍTULO DE PASTOR, MAS NÃO DA FUNÇÃO DE PASTOREAR!

Todavia, continuarei acreditando e lutando ferrenhamente pela Igreja de Cristo. Não deixarei de congregar e tampouco me afastarei da comunhão de irmãos queridos. Apenas passarei a exercer uma função muito mais importante: os bastidores. Não quero meu nome conhecido, mas quero que Cristo seja conhecido por todos e reconhecido em nós.

Se você também passou ou está passando por isso, chega mais, vamos caminhar juntos. Vivamos o Evangelho Puro e Simples de Jesus.

Se quiser, me mande um e-mail (pregverdade@gmail.com) ou CLIQUE AQUI e envie uma mensagem no WhatsApp e vamos conversar!

Deus nos abençoe!

Anúncios

6 comentários sobre “Eu desisti de ser PASTOR

  1. Gostei do texto meu caro.
    E qualquer que, dentre vós, quiser ser o primeiro será servo de todos.
    Marcos 10:44 ARC
    Se nem o nosso Mestre veio para ser servido, mas para servir, quem somos nós para desejarmos ser mais do que qualquer pessoa que seja.
    Um abraço.

    Curtir

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.