Não Categorizado

Daniela Araújo e seu suposto uso de drogas. Qual a atitude a ser tomada?

O namorado da cantora vazou “sem querer” um áudio em que a cantora assumiu ser usuária de drogas. Ao que tudo indica é um áudio real e a voz é da Daniela, mas ela ainda não se manifestou à respeito do assunto.

Por Thiago Schadeck

A notícia de que a cantora Daniela Araújo é usuária de drogas caiu como uma bomba na internet ontem. O seu namorado vazou “sem querer” um áudio (colocarei o link no final desse texto) em que Daniela comprava drogas e que ao ser repreendida por ele, ficou extremamente irritada e agressiva. O traficante tenta argumentar que as drogas não trazem mal e que muita gente usa. Em todo tempo, a moça que supostamente é a Daniela Araújo, se coloca ao lado do traficante, pedindo insistentemente que ele a perdoe.

Como qualquer assunto, e o gospel não está livre disso, apareceram especialistas de todos os lados: os “não julgueis”, os que já condenaram a moça ao inferno, os que ficam felizes e tripudiam da igreja de Cristo, os ponderadores e etc.

Não sou especialista, mas tenho certa experiência em todos esses anos ajudando a pastorear a igreja e lidando com todo tipo de gente. Tivemos inclusive um caso que de certa forma é parecido. Como deve-se proceder quando há um fato tão delicado quanto esse?

Daniela deve ser abraçada:

Não estou aqui, de maneira alguma, defendendo que se passe a mão sobre a cabeça dela e a tratem como uma coitada que foi vítima das drogas. De certa forma ela é uma vítima, mas isso não a isenta de sua responsabilidade, ainda mais se tratando de alguém com tanta influência entre os cristãos, sobretudo os jovens.

A igreja que ela congrega, se é que congrega, terá de abraçá-la como se fosse sua filha e mostrar que há uma luz no final do túnel. Deverá mostrar o quão grave foi o seu erro, mas que ele não é maior que a misericórdia de Deus. Se ela se arrepender verdadeiramente, será perdoada e terá forças para mudar de vida.

Deverá afastá-la dos púlpitos e palcos:

Esse momento é delicado e não deve ter os holofotes que a Daniela se acostumou. Por mais que seja querida pelos amigos, familiares e fãs, ainda que seja, e acredito que seja mesmo, usada por Deus, não está em condições de subir ao púlpito para ministrar. Suas músicas falam muito sobre santidade e vida com Deus, o que ela demonstrou não ter, pelo que se pode ouvir no áudio. Claro que todos temos pecados e ainda não atingimos a santidade que teremos na glória, mas é muito diferente de alguém afundado em um vício. Seja quem for, se estiver nessas condições, deve ser afastado do púlpito até ser tratado por Deus e transformado.

Não que seja o caso da Daniela, mas alguns artistas gospel, quando pegos em alguma falha grave de caráter, somem por um tempo e depois retomam a carreira como se nada tivesse acontecido. A Daniela terá de lidar com a desconfiança sobre sua recuperação pelo resto da vida. A melhor forma de ela provar que foi regenerada é dando frutos.

Ela deve reconhecer sua condição:

O primeiro passo para a libertação é reconhecer que só sairá da posição lastimável que se encontra é reconhecer que o problema é maior que suas forcas e sozinha não será possível. Quem tem problemas com vícios, sejam eles quais forem, tem a tendência de acreditar que pode se livrar deles quando quiser e a cada tentativa sem sucesso se afunda mais.

Tem que analisar o que a levou às drogas:

É hora da Daniela fazer uma auto reflexão e entender quais os motivos que a levaram a entrar no mundo das drogas. Normalmente quem decide experimentar algum tipo de droga é porque não está satisfeito com o que vem vivendo e quer uma fuga para os seus problemas. É sabido que a cantora é separada do também cantor Leonardo Gonçalves (da música Getsêmani) e que passou por alguna períodos depressivos, o que podem os motivos para essa derrocada nas drogas.

Identificando os motivos, ela deve ser tratada, ministrada e discipulada para que consiga superar esses fatos e que as lembranças (da separação, por exemplo) ou as crises de depressão não tenham mais a força de jogá-la nas drogas, fazendo um estrago pior.

Rever a sua fé e teologia:

Ao que me consta, apesar de ser Adventista, ela havia abraçado uma teologia mais suave e liberal, daquelas que estão “com Cristo, mas não com a religião” e que vivem a “liberdade e não os dogmas”. Isso é perigoso demais, porque aprisiona as pessoas à essa “liberdade”, que na verdade é uma válvula de escape para pode viver como bem entender. Estava vivendo amasiada com o namorado, o que a Bíblia diz claramente ser um pecado.

Se ela se arrepender de verdade de sua condição, será inevitável que mude os seus pensamentos, modo de agir e, fatalmente, sua pregação. Não que tenha de virar uma legalista, mas o Evangelho de Cristo não é oba-oba.

Qual o nosso pepel?

Simples! Orar por ela.

Pedir ao Senhor que tenha misericórdia dela. Não só dela, mas de nós, dos nossos filhos, vizinhos, amigos, irmão da Igreja, enfim da nossa geração. Ninguém está livre de entrar para o mundo das drogas. O Diabo está ao nosso derredor buscando a quem possa tragar.

Só quem já vivenciou alguém que ama passando por esse terrível sofrimento de se livrar das drogas sabe o quanto é doloroso e traumático para todos. Essa moça tem pais, tem amigos e familiares que a amam e certamente estão sofrendo, ore por eles também.

Em tempo: o namorado que jogou tudo no ventilador não é nenhum santo e usou de um mal caratismo tremendo vazando esse áudio, poderia resolver isso de outra forma, trazendo um estrago menor. Quase no final do vídeo ele alega que a cantora deveria esconder o fato de ser drogada por que se fosse descoberto isso acabaria com a sua carreira. Sim, a preocupação dele era com a carreira dela.

Ouça o áudio completo aqui https://youtu.be/ejYrZ3OMHwo

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s