“Sei que o propósito do senhor é este. Sei que Deus tem outros voos para você. Vejo nisso tudo um grande plano de Deus para esta nação. Nosso povo, João, tem estado de joelhos orando por socorro”, disse Rute Costa, filha de José Wellington Bezerra da Costa.

Não foi a primeira e provavelmente não será a última vez que um encontro entre João Doria e líderes evangélicos termina com clamores para que o prefeito de São Paulo seja o candidato do PSDB à Presidência em 2018.

Mas a reunião de Doria com mais de 150 pastores na noite desta sexta-feira (7) teve um componente inédito: os gritos de “glória a Deus” e “amém”, reações sempre que alguém levantava a hipótese de uma candidatura presidencial, foram proferidos na sede do Executivo paulistano.

Segundo presentes, a Prefeitura jamais havia abrigado um evento para evangélicos, ao menos não um com aquelas proporções.

O evento foi orquestrado pelo presbítero Geraldo Malta e pelo pastor Luciano Luna, assessores religiosos informais do prefeito. A mesma que organizou cerimônia similar para o governador Geraldo Alckmin um mês atrás, no Palácio dos Bandeirantes.

A reunião na Prefeitura foi maior (mais do que o dobro de presentes) e, segundo pastores que conversaram com a Folha, mais genuína. No Bandeirantes, Alckmin foi saudado como bom nome para disputar as eleições presidenciais, mas o coração do segmento estaria com Doria.

O encontro no sétimo andar do prédio onde o prefeito despacha durou uma hora e meia, ensanduichado por uma oração de abertura e outra de encerramento.

Os pastores se alternavam em discursos polvilhados com tom de campanha nacional enquanto Doria sorria numa mesa com seu vice-prefeito, Bruno Covas, e três de seus secretários –Julio Semeghini (Secretaria de Governo), Eloísa Arruda (Direitos Humanos) e Filipe Sabará (Desenvolvimento Social).

“Mais de 80% do segmento evangélico do país” estava ali representado, disse Malta ao microfone.

“Hoje o senhor está aqui, mas quero te ver lá”, disse a vereadora Rute Costa (PSD), filha de José Wellington Bezerra da Costa, presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus do Brasil.

Dizendo falar em nome do pai, Rute continuou: “Sei que o propósito do senhor é este. Sei que Deus tem outros voos para você. Vejo nisso tudo um grande plano de Deus para esta nação. Nosso povo, João, tem estado de joelhos orando por socorro”.

A vereadora comparou o prefeito a David, que trava uma batalha bíblica contra o gigante Golias. “Ele não era alto, era baixo. E era valente. Como Doria também é. O que o senhor fez na cracolândia foi valente.”

Ligado à Assembleia de Deus, o vereador João Jorge (PSDB) tinha puxado o coro presidencial minutos antes. “Ninguém falou aqui ainda, mas se ano que vem [o sr. concorrer]…” O público reagiu com um coro de “amém”.

Jorge prometeu entregar dois projetos de lei na Câmara Municipal: um para facilitar a obtenção de alvarás para igrejas e outros com uma versão “mais realista” da lei do Psiu, que costuma punir instituições evangélicas por cultos barulhentos.

“É um constrangimento para nós [ser penalizado], João, acha que isso nos agrada? No dia seguinte a imprensa bate na gente, bate no senhor”, disse.

Jorge louvou Doria como “um homem de Deus que não fala palavrão, não bebe, não fuma”. O próprio prefeito reforçou as credencias de bom moço. “Minha formação cristã, católica, me fez distante de bebida, tabaco.”

O tucano contou que começou a se aproximar do segmento evangélico nas prévias partidárias que o ungiriam candidato de seu partido em 2016. “Fui gradualmente me entusiasmando. Me senti completamente dominado, feliz.”

Os líderes religiosos também celebraram a sanção sem vetos do PPI (Plano de Parcelamento Incentivado) aprovado na Câmara Municipal, que prevê anistia a dívidas de igrejas.

Na saída do encontro, cada convidado recebeu uma caixa de vitaminas com o rótulo DoriaVit(“especialmente formulado para o trabalhador”), que continha o aviso: “Contém alta dosagem de trabalho”.

Fonte: Folha

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s