3 Lições sobre o ESPINHO NA CARNE de Paulo

3 Lições sobre o ESPINHO NA CARNE do apóstolo Paulo

Por Thiago Schadeck

Existem muitas especulações acerca do que seria o espinho na carne do Apóstolo Paulo. O objetivo aqui não é entrar nessa discussão e nem afirmar o que a Bíblia não diz. O mais importante, imprescindível, eu diria, é tirarmos lições que sejam práticas para nossas vidas e espiritualidade.

Vejamos os três pontos mais importantes dessa passagem:

  1. A experiência com Deus que trouxe o sofrimento:

    “Para impedir que eu me exaltasse por causa da grandeza dessas revelações, foi-me dado um espinho na carne, um mensageiro de Satanás, para me atormentar.” (2 Coríntios 12: 7)
    Paulo havia tido uma revelação maravilhosa, foi arrebatado até o terceiro céu e viu coisas que ao homem não é permitido dizer. A experiência foi tamanha que Deus, conhecendo o coração enganoso do homem, permitiu que fosse colocado o espinho na carne dele. Muitas vezes queremos nos aprofundar em nosso relacionamento com Deus, mas não estamos dispostos a sermos esbofeteados por um mensageiro de Satanás, de forma que isso nos manterá firmes no único propósito válido para um cristão: dar toda honra e glória a Deus!Nem sempre Deus vai nos responder na primeira oração:

  • “Três vezes roguei ao Senhor que o tirasse de mim.” (2 Coríntios 12: 8) Essa teologia maldita que diz que Deus está sempre pronto a nos responder e que Ele sempre está ao nosso dispor cai por terra. Não apenas na passagem em questão, porque alguns podem dizer que Paulo não teve fé, mas também com Jesus no Getsêmani, que orou por três vezes pedindo para o Pai passar dele o cálice. Deus é soberano e sabe exatamente o momento de responder a oração e nem sempre será com um sim ou um não, por diversas vezes a resposta de Deus é o silêncio, como nas duas primeiras orações de Paulo. Se o silêncio de Deus não nos aproxima Dele é porque queremos um resolvedor de problemas e não um pai.
  • A graça de Deus nos é suficiente:

    “Mas ele me disse: “Minha graça é suficiente para você, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza”. Portanto, eu me gloriarei ainda mais alegremente em minhas fraquezas, para que o poder de Cristo repouse em mim.” (2 Coríntios 12:9)

    Ouvir de Deus que a graça Dele já é o suficiente é um bálsamo para a alma. Ela que nos garante a salvação, apesar de nossos erros e falhas, a graça que nos leva para mais perto de Deus e nos torna seus filhos. A graça tira todo o nosso mérito e deposita em Deus, ela nos humilha e exalta a Deus, que é o único digno de honra e glória. Um coração orgulhoso jamais se alegrará em ouvir isso, mas o servo, que reconhece ser o pior dos pecadores se regozija como se tivesse encontrado o maior dos tesouros, final Cristo nos resgatou das trevas e nos levou para a luz. Nos tornou herdeiros com ele do Reino do Pai.

Provavelmente por conta do espinho na sua carne e a resposta de Deus, Paulo escreveu um dos mais inspiradores trexos da Bíblia:

“Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão produzindo para nós uma glória eterna que pesa mais do que todos eles. Assim, fixamos os olhos, não naquilo que se vê, mas no que não se vê, pois o que se vê é transitório, mas o que não se vê é eterno. (2 Coríntios 4:16-18)

Paulo chama de leves e momentâneos o que para nós, provavelmente, seria algo insuportável: prisões, náufragos, traições, apedrejamento, chicotadas e açoites, mordida de cobra, abandono, frio, fome e por aí vai. Definitivamente, a vida dele foi muito difícil, mas o que o impulsionava à diante era o fato de saber que essa vida é curta e passageira, portanto o que mais importa é o que está além dela, a glória eterna ao lado de Deus.

Que Deus te abençoe e edifique com essa reflexão.

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.