Por que pregar a verdade, no meio de tantas “verdades”?

ben-white-oUiTrFhnEkE-unsplash (1)

Photo by Ben White on Unsplash

Em tempos de uma sociedade pluralista e pós-moderna e do surgimento da “pós-verdade“, a verdade tornou-se algo relativo e superficial, não sendo apenas algo único e absoluto e sim várias visões delas; por muitas vezes, é confundida com “interpretações” ou “opinião“. O pensamento que impera nos dias de hoje é a de que “não existe uma verdade única e sim adequada às circunstâncias“, como já pensavam os sofistas na Grécia Antiga.

Muitas pessoas, influenciadas por este tipo de pensamento, tornaram-n uma máxima, um fato para si, até mesmo no meio cristão. Tomando base em Salmo 81:10 (“abre bem a tua boca e eu a encherei”) e utilizando versículos isolados sem observar o seu contexto, os testemunhos,  interpretações e opiniões dos pregadores tomaram o lugar do que foi revelado na Palavra de Deus e fazendo assim com que pessoas se distanciem dela.

Através do profeta Oseias, Deus disse ao povo de Israel: “o meu povo foi destruído por falta de conhecimento” (Oseias 4:6). Em Juízes 2:10 conta a história de uma geração que veio depois da morte de Josué, no qual não conheciam ao SENHOR, provavelmente ocorrido pela falha na transmissão dos ensinamentos da geração anterior. E como esta geração nada conheciam as crenças básicas de seu povo, deixaram por se influenciarem pelos povos vizinhos, com outras formas de adoração, ou “ventos de doutrina”, como o apóstolo Paulo escreveu aos efésios (Efésios 4:14). Do mesmo modo que ocorreu no passado, pode ocorrer nos dias atuais, portanto, todo cuidado é pouco para que não venhamos a cair no mesmo erro.

A verdade neste texto é a que está contida na Palavra de Deus, que é centrada em Jesus Cristo (João 14:6; 17:17). Então, por que pregá-la?
* Para que as pessoas não sejam confundidas – aprenderem a diferenciar o verdadeiro do  que é falso;
* Para obterem o discernimento –  diferenciarem a sã doutrina da vã doutrina;
* Para que haja crescimento – na graça e no conhecimento (2 Pedro 3:18);
* Para que conheçam a Cristo verdadeiramente – a Sua pessoa, que O busquem da forma correta e sincera e não de forma interesseira (João 17:3);
* Para que experimentem a boa, perfeita e agradável vontade de Deus (Romanos 12:2).

Sendo assim, mais do que nunca é necessária, pregação da verdade contida nas Escrituras, em meio a tantos ruídos de doutrinas e propagação de fake news (notícias falsas).

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.